Resenha - Minha Vida Fora de Série 4

Minha vida fora de série 4
Minha vida fora de série 4

Sinopse: Após um traumático término de namoro, Rodrigo e Priscila seguem seus caminhos separadamente. Enquanto ela parte rumo à Nova York para tentar uma nova vida, Rodrigo quer esquecer tudo que passou e viaja para o Canadá, onde encontra os irmãos. Mas algumas lembranças são difíceis de apagar, e deixá-las para trás é muito mais complicado do que ele poderia imaginar. Será que novos amores teriam o poder de curar seu coração? Ou ele precisa confrontar de vez o passado para finalmente se libertar? Descubra nesta nova e emocionante temporada de Minha vida fora de série.

Apesar de ser fã de carteirinha de mistérios, também tenho uma queda por literatura juvenil, por isso, a resenha aqui é desse livro da coleção Minha Vida Fora de Série, que marcou a minha adolescência.

A história inicia 6 meses depois de Rodrigo ter partido do Brasil com ele chegando em Toronto e encontrando um gato que ele chama de Lucky e que, supostamente, trouxe sorte (leia-se garota) para vida dele. Depois do dramático término com Priscila, ele vai para Vancouver ficar com seus irmãos. Ainda ressentido e magoado, ele tenta ir em frente com a vida dele, se inscreve em uma faculdade e até tenta alguns encontros arranjado pelos (chatos) irmãos. Entretanto nada consegue retirar ela totalmente da cabeça dele.

Estressado com os irmãos (e quem não ficaria com irmãos daqueles?) ele decide esfriar a cabeça e nessa encontra Klaus. Klaus também passa por um término de namoro e eles veem um no outro um apoio e nessa acabam dividindo um apartamento. Quando em uma noite, Rodrigo vai cobrir João Marcelo em um show, ele tem a mais louca e melhor noite com a banda de Sean. Por curtir tanto Rô na bateria, Sean o convida para ir a Toronto e tocar com eles novamente. Então durante o recesso do Thanksgiving Rodrigo parte para ficar uma semana na outra cidade, mas claro que o destino e a cidade reservam muito mais para ele do que o esperado.

Em Toronto é onde Rodrigo se encontra. Depois de uma confusãozinha com a pousada inicial, Rodrigo se hospeda na pousada de Lauren, uma mulher que adora gatos. Ela é uma fofa com ele e Lucky e permite que fiquem no quarto de uma hóspede que estava viajando. De cara Rodrigo fica amiga da namorada de Sean, Antonella. Ela foi a melhor nova personagem, na minha opinião. Brasileira, ela faz serviço social na Universidade de Toronto. Ela é super animada e muito "cabeça". Dá ótimos conselhos ao nosso protagonista e graças a eles, ele consegue perdoar Priscila e se abrir para novas experiências. Um ponto negativo é que achei a amizade deles maravilhosa, mas, aparentemente, Paula não sabe que pode existir apenas amizade entre garotos e garotas e, claro, ela se interessa por ele e põe em risco o namoro fofo com Sean. Ainda bem que esse drama durou pouco porque a amizade deles, para mim, foi uma das melhores novidades no livro.

Entre as novas experiências a qual Rodrigo se abre está Juliette, a dona do quarto onde Rodrigo se hospeda. O interesse mútuo foi basicamente de primeira. Inclusive, quando Rodrigo decide ficar de vez na cidade teve influência dela. E depois de três semanas eles ficam juntos. Sinceramente, achei tudo muuuuito rápido. Assim que ele decide deixar o passado para trás, *plim* a francesinha linda Juliette aparece. Todo o desenvolvimento do relacionamento deles é depressa demais. Apesar de não shippar os dois nem um pouco, eu até gostei dela. O background que Paula construiu foi o que me conquistou. Não esperava que ela tratasse de relacionamentos abusivos, então foi uma boa surpresa ela falar sobre isso. Juliette tem uma energia similar a de Priscila. Ambas são as partes extrovertidas do relacionamento, mas acho que só isso tem em comum. Ela é legal e madura e acho que isso foi bom para Rodrigo.

" Aprendi que para os outros gostarem de mim, primeiro tenho que gostar de mim mesma [...] Eu não abriria mão do meu passado, porque foi ele que me fez quem eu sou hoje: a pessoa que eu mais amo no mundo."

Nesse livro, Rodrigo cresce. Começou a tomar mais suas decisões e continua sendo um amor, quase um príncipe. Eu esperava vê-lo mais independente, claro que esperava ele se relacionar com alguém, mas não durante o livro quase todo. Para mim ficou parecendo que ele não sabe se desenvolver fora de um relacionamento. Além disso, acho que ele poderia ter sido mais compreensível com toda a situação com Priscila. Claro que entendo a raiva, mas eles tiveram 6 anos de relacionamento e ele apenas saiu correndo do país. Se não fosse por Antonella, a situação teria continuado mal resolvida. Teve também o meu ciúmes ha ha. Rodrigo e Leo sempre foram meus maiores crushs literários e eu só os aceitava com Pri e Fani. Sem falar que Rodrigo e Priscila são um dos maiores shipps da minha vida. Eu revirei muito os olhos no livro. Como disse, eu esperava relacionamentos do Rodrigo no novo livro, mas não um tão série. Não um, suposto, amor. Mas, claro, eu entendo que eles acabaram e precisam ter novas experiências para crescerem sozinhos e saberem andar com os próprios pés. Inclusive é algo dito por Lauren e que me deu muita esperança no futuro do meu shipp.

Sou fã de FMF e MVFS. Basicamente cresci com Pri e Rô e acompanho a saga desde o começo. Claro, eu gostei muito do livro e recomendo demais a saga. Entretanto esse livro seria que o menos me agradou da saga. Senti muito a falta da Priscila na narrativa, acho que se fosse a visão dos dois teria sido muito mais proveitoso. Além de umas coisas muito viajadas, mas típicas de Paula e livros juvenis. Não sei se a minha idade também está influenciando, mas tinha coisas facilmente resolvidas mas que cria uma odisséia.

Enfim, a escrita de Paula é a mesma. É sempre muito gostoso de ler e flui facilmente. Agora acredito que o próximo será melhor, estou cheia de expectativas e espero a volta do meu casal, pois o finalzinho deixou uma pontinha de esperança no coração dessa romântica incurável.

"Respirei ainda me sentindo triste, mas também aliviado. Eu sabia que devia jogar tudo aquilo fora. Mas eu ainda não estava preparado. Quem sabe um dia..."

Conheça a série: https://www.paulapimenta.com.br/livros

Thais Gomes

Comentários